Isso vai passar bem na sua frente ... | Parte 1.

domingo, 15 de outubro de 2017 Nenhum comentário

"Nossa cidadania, no entanto, vem do céu,e de lá aguardamos ansiosamente a volta do Salvador, o Senhor Jesus Cristo." Filipenses 3:20


Quando as adversidades da vida, parecem como as ondas fortes do mar, eu corro para Ele como uma corça corre ao encontro das águas. Não consigo imaginar ficar longe de Cristo em nenhum momento, mesmo com poucas forças para correr ao seu encontro, corro,pois sei que Ele estará sempre me esperando. Não importa minha situação, não importa o quão longe eu fui, Ele permanece no mesmo lugar, Ele não muda, sua paternidade me alcança em misericórdia todos os dias, se eu venho, se eu vou,Ele está comigo. E era essa mesma certeza que Paulo tinha de Cristo, um homem que era religioso, vivia a Lei com zelo, mas desconhecia o amor e a graça de Cristo, mas que uma vez de encontro com o próprio Deus, com o próprio amor, o Pai se revelou a Ele com graça, dando a Ele intimidade, graça, misericórdia, perdão e conhecimento dEle. 
E hoje tirei alguns dos meus trechos favoritos de toda a Bíblia, para falar com vocês um pouco daquilo que Deus nos revela também hoje, através de Cristo e de sua graça salvadora, resgatadora, transformadora. Assim como Paulo teve um encontro com Cristo que o mudou de dentro para fora, também podemos ter, mas já adianto, não é uma mudança que nos fará vivermos melhor aqui, mas sim de termos em nós o amor tão grande por Cristo que essa vida não fará mais sentido. Aquilo que achávamos que era bom, se tornará nada, pó, lixo, inútil, diante daquilo que o Pai tem a nos revelar. Que o Espírito Santo nos ajude, e nos conceda esse entendimento, esse amor e essa revelação tão maravilhosa!

NÃO HÁ NADA QUE SE COMPARE A CRISTO



A minha oração nos últimos dias tem sido apenas uma: que o Senhor venha mudar minha forma de viver. Sim, o modo que eu vivo hoje, não é da maneira que eu deveria, se almejo e desejo morar um dia no céu com o amado da minha alma,também não condiz com quem ama a Cristo. A igreja primitiva, ardia em amor por Cristo e por sua causa, que nada nesse mundo a prendia aqui, a morte não era vista como o fim, ou enfrentavam ela com medo, mas como uma porta para estar mais perto daquEle que a chamou. Crianças, adultos, idosos, não importa a idade, não temia servir a Deus e enfrentar a morte por Ele, porque era tão grande o amor por Cristo, que eles viviam toda sua vida para o Reino.

Hoje vemos que estamos mais buscando a Deus pra termos uma maneira mais confortável de servi-lo, ou de trabalhar menos para Ele. Tudo que nos tira do nosso conforto, se torna difícil de fazer, evangelizar nas ruas, praças, é sempre "Se der tempo", ou sempre achamos que tem alguém que faça isso por nós, ou um grupo específico na igreja. Sendo que essa ordem não foi para um grupo, não é como os dons, que uns tem e outro não, essa responsabilidade é de todo o corpo de Cristo. Cada membro tem sua função,mas quando se diz respeito o Ide de Cristo, a mente, o coração, as mãos e pés então convocados a ir, e levar as boas novas de salvação, para aqueles que o Senhor separou para o seu reino.


Nada nesse mundo pode se comprar a querer servir a Cristo, e viver por Ele. Devemos arder em amor por Ele, desejá-lo, esperá-lo, fazendo sua vontade com amor e dedicação. A maior marca e prova de um coração convertido e salvo por Cristo,é o desejo de espalhar o que de graça recebeu. Sem se preocupar com o que irá receber, se irá receber, portas na cara, zombaria, perseguição ou mesmo a morte, nada poderá nos separá do amor de Deus, pelo contrário tudo que fazermos para Ele, só nos trará para mais perto, para conhecê-lo e saber das coisas gloriosas que tem para nós. Viva por Cristo, em Cristo e para Cristo, o que vier para nós será lucro, mesmo que para nossos olhos pareça difícil, doloroso, nos trará recompensa no Senhor.


SUA MISSÃO AQUI, E SEU DESTINO !

Me sinto cansada desse mundo, a cada dia parece ficar pior, as pessoas vão enchendo-se de orgulho, de amor próprio, e destruindo o que ver pela frente.Mas não podemos nos desanimar, a salvação para qualquer nação está nos joelhos dobrados de uma igreja forte, temente, que não teme as perseguições, seu único desejo é agradar a Deus e fazer sua vontade. Uma igreja que se levanta na contra mão de tudo que o mundo oferece, guerreando por uma causa viva, justa. Que lava suas vestes machadas no sangue do cordeiro, que segue com suas poucas forças, mas que olha para o alto e sabe de onde virá seu socorro.

Não temos nenhum vínculo com essa vida passageira, temos de nos agarrar às promessas daquele que é Eterno, Justo, Poderoso e Fiel. Mas não devemos deixar de orar e se levantar contra o que não é da vontade de Deus, se o povo de Deus entender que o seu clamor e arrependimento abençoa toda nação, estaríamos mais unidos, em um só propósito, que é levar as boas novas de salvação e aguardar o nosso Salvador e Redentor.




Que o Senhor nos perdoe, e nos dê a graça e avançarmos.
Laís Andrade
@ofclaisandrade
@florescendoem_graca
(Instagram)

Um Deus Soberano

sexta-feira, 13 de outubro de 2017 Nenhum comentário




     
            Teus, ó Senhor, são a grandeza, o poder, a glória, a majestade e o esplendor, pois tudo o que há nos céus e na terra é teu. Teu, ó Senhor, é o reino; tu estás acima de tudo.

 (1Crônicas 29:11)

 Constantemente nós mulheres sofremos com um mal que nos oprime e nos deixa sujeitas a esses sentimentos, ansiedades, medos do amanhã nos assombra dia após dia. A ansiedade nos faz pensar que estamos no controle de tudo que venha acontecer, vemos eventos que dizem que nós estamos no controle dessa vida mas a bíblia nos mostra claramente que quem governa tudo e TODOS é o Senhor.  O que fazer quando essas ansiedades vinherem?? Lembrar das promessas do Senhor e de sua palavra que sempre nos mostra quem Ele é, e é um Deus que não dorme e  dia após dia está nos guardando, nos guiando. Independente das aflições que você passa (seja medos ou ansiedades), memorize as escrituras para que nesses momentos você não se renda mais ainda a esses sentimentos que fazem  desfocar os olhos no autor da vida e quando isso acontece acabamos sendo o nosso próprio deus e queremos governar todas as situações e quando não acontece  como planejado ficamos iradas e revoltadas,  por que quem governa de fato esse mundo e nossas vidas não somos nós e sim o Deus vivo.
 Foquemos no final desse versículo e vemos claramente que não estamos aqui por acaso, ou não fomos criadas e jogadas neste mundo e pronto, Mas somos mulheres que foram escolhidas pelo o criador (não por obra e sim graça) e não estamos sozinhas neste mundo, o que vier acontecer em nossas vidas (ruim ou bom) é para o nosso bem, para que sejamos semelhantes a Cristo através desses sofrimentos  que passamos, tudo isso aqui é temporário e por mais que o medo, ansiedade venha, devemos lançar sobre aquele que cuida de nós. Entendo que é dificil, mas temos um Deus Poderoso que nos guia e sabe melhor do que nós o porque passamos por certas coisas. Minha oração é que confiemos no Senhor, memorizemos as escrituras, e oremos para o conhecermos mais, nada neste vida é em vão, que possamos nos aproximar do nosso Pai através dessas aflições que só nos machuca.

          
   Nossos medos são como correntes em volta de nosso corações - eles paralisam, prendem e escravizam. Mas Jesus Cristo é a chave que pode banir todos os seus medos e libertá-la. Ele é capaz de fazer isso porque o amor dele é mais poderoso do que os seus medos. É plano dele ensiná-la, encorajá-la e transformá-la em uma pessoa que confia nele - mesmo em face de suas mais profundas preocupações e ansiedades. 
                                     Vencendo medos e ansiedades - Elyse Fitzpatrick 


Yas Almeida.

Qual o papel da mulher no casamento ?

quinta-feira, 28 de setembro de 2017 Nenhum comentário


   

Mulheres, sujeitem-se a seus maridos, como convém a quem está no Senhor.

                       [Colossenses 3:18 ]  

Em uma segunda feira pela a noite ao estudar esse versículo de cima com amigas, me fez pensar tanto no papel da mulher no lar. Como vimos ultimamente, muitas pessoas usam esse versículo para dizer que a bíblia é maxista,  e infelizmente existe mulheres no meio cristão que acabam acreditando nisso e acabam indo de acordo com a ideologia desse mundo.
Vale lembrar, que essa submissão não deve ser exercida por qualquer homem, quando lêem esse versículo já pensa  em um homem grosseiro e arrogante e a mulher uma escrava, só que não se trata disso e não é isso que Paulo está falando. Devemos como meninas solteiras terem cuidado com quem queremos casar e ter uma família, essa submissão tem que ser exercida para com o um rapaz que ame á Cristo acima de tudo de uma tal forma que possa ter a capacidade de amar a moça e de não tratá-la com arrogância mas com amor.  Neste estudo entendemos e meditamos que a mulher não tem somente o  papel de cuidar da casa mas de ensinar seus filhos a conhecerem á Cristo, nós como meninas solteiras devemos usar esse tempo para buscar o Senhor e compreender a sua palavra de uma tal forma que quando termos uma família saber cuidar e amar o seus filhos e marido, como já foi dito em outros textos daqui do blog, nossa vida é para glorificar á Cristo.
 Devemos se submeter primeiro ao Senhor para  depois nos submeter-nos, pois saberemos qual é moço que irá cuidar e amar. 
E esse versículo é justamente como deve ser uma família cristã, a mulher deve ser submeter ao seu marido e ele deve a amar e não a tratar de forma arrogante ou se sentir superior por ela ter o dever de se  submeter  a ele.
 Nós mulheres temos um papel muito importante na família, como já foi dito neste texto, a mulher ela tem o dever de ensinar a palavra do Senhor aos seus filhos por ela ter mais tempo com eles do que o seu marido, essa é uma grande responsabilidade da mulher em seu lar. E não só isso, a mulher tem a tarefa de cuidar de seu marido por ter o papel de auxiliadora.

 Yas Almeida.

Qual o propósito das aflições ?

sexta-feira, 22 de setembro de 2017 Nenhum comentário

Bem, então, minha querida irmã, já que você é um daqueles que são preciosos aos olhos do Senhor, você deve passar pela fornalha da aflição, porém, uma vez que é o fogo do Senhor, o qual Ele designou, o qual Ele gerencia e o qual Ele conterá conforme o Seu querer, confie a si mesma nas mãos de seu infinitamente sábio e gracioso Refinador e você deverá sair do fogo com uma vantagem tanto terrena quanto eterna. Esta aflição, como um instrumento nas mãos de Deus, o Todo-Poderoso age sobre você e para você, para exercitar e aumentar suas graças aqui, e para prepara-la para a sua futura coroa. Portanto, suporte a prova, pois, “Bem-aventurado o homem que suporta a provação, porque quando ele tiver suportado a prova, receberá a coroa da vida que Deus prometeu aos que O amam” (Tiago 1:12).



Mas pode ser que você diga: “Sim, se eu tivesse certeza que eu sou um que amava a Deus, eu esperaria pacientemente e esperaria um resultado feliz, mas estou com medo de me iludir, enganar os outros e, finalmente, ser privada do descanso que resta para o povo de Deus”.



Quanto a estes seus medos, e dez mil a mais de natureza semelhante que possam surgir no seu coração em um tempo de trevas, eles são totalmente infundados, e apesar de eles poderem roubar-lhe o seu conforto, não podem roubar-lhe a sua segurança em Cristo, nem a herança que está reservada para você no Céu. Não, bendito seja Deus, você ainda está justamente aonde a livre graça te pôs; Deus a fixou em Seu Filho, e a firmou, pela fé, sobre Ele, a Rocha Eterna; e agora a sua salvação é tão inabalável quanto a Rocha sobre a qual está fundada. A chuva pode cair, as inundações chegar e os ventos soprar, todos os tipos de aflições e tentações em conjunto, podem bater veementemente contra a sua fé na segurança em Cristo, mas sua segurança nEle jamais cairá, porque está fundada sobre a Rocha que é capaz de suportar os maiores pesos que são colocados sobre ela, e protege o edifício de todos os perigos e tempestades que possam vir a cair sobre ela. A rocha da imutabilidade ainda está abaixo de você, e, a menos que Cristo possa afundar, a salvação de sua alma, que se apoia sobre Ele, nunca poderá cair. Você pode cair por causa da sua estrutura, mas você nunca pode sustentar uma trepidação por causa da sua condição. Não, a fundação que Deus colocou em Sião é uma pedra, uma pedra já provada, pedra preciosa de esquina, de firme fundamento, e quem crê nEle não será confundido (Isaías 28:16; 1 Pedro 2:6).E agora, deixe que venham todas as objeções que todas as legiões de demônios e exércitos de corrupções juntos podem levantar contra a salvação do pecador que busca a Cristo para a vida e elas todas devem cair diante da graça desta promessa — a palavra de Deus subsistirá, para a salvação eterna daquela alma e para a confusão de todos os seus inimigos!

   Anne Dutton | Cartas de Anne Dutton Sobre Temas Espirituais

[ Do blog: http://oestandartedecristo.com/texto/505/aflicoes-por-anne-dutton ]

Nossos ídolos chamados de Relacionamentos amorosos |Entre Aspas

sábado, 16 de setembro de 2017 Nenhum comentário

Muitos de nós somos cristãos ortodoxos e fervorosos. Cremos nas doutrinas da Graça, nos 5 pontos do Calvinismo, assistimos 5 sermões do Charles Spurgeon por dia e vamos à igreja todo domingo, religiosamente. Até que aparece alguém no nosso caminho com um rosto bonito e uma personalidade agradável. Não precisa ser verdadeiramente cristão, nos contentamos em ouvir um: “acredito em Deus”…
Tudo que aprendemos durante anos, jogamos no lixo e finge que nunca aprendeu. Todos os princípios bíblicos que defendíamos ferrenhamente, são ignorados como se deles nunca tivéssemos ouvido falar. Todos os ideais de santidade e pureza que outrora almejávamos em um relacionamento, agora não tem sentido, quem dirá importância. Em nome do nosso pecado mascarado de amor, nos vestimos de lobos para que possamos suprir as expectativas do nosso companheiro. Então, aderimos voluntariamente a todos os hábitos pecaminosos daquele de quem gostamos, pois de outra forma não seria possível conviver, o relacionamento chegaria ao fim. E nós, como bons idólatras, não podemos deixar nosso ídolo escapar de nossas mãos.
À semelhança de soldados que fracassam antes mesmo de irem para a guerra, nós baixamos a guarda; nos rendemos e entregamos nossas armas ao inimigo de nossas almas. Dizemos a nós mesmos em voz baixa:
“Preciso satisfazer a concupiscência da minha carne. Não importa se estou pecando. Não me interessa saber se meu relacionamento é bíblico, ou se estou me envolvendo com um falso cristão, basta que meus sentimentos sejam correspondidos e minhas carências emocionais estejam sendo supridas.”
Mas, como somos orgulhosos demais para admitirmos que nosso coração nunca desarraigou do mundo e seus prazeres, seguimos usando nossas máscaras de cristãos, pregando dois discursos excludentes entre si, um com nossa vida e outro com nossas palavras. Assim, lemos livros teológicos, acompanhamos bons pregadores, lemos a Bíblia periodicamente e oramos sempre antes de dormir, enquanto conservamos nossos amores impuros, promíscuos e abomináveis perante Deus.
Lembremo-nos: ovelha que se veste de lobo nunca foi ovelha. Por isso, analisemos a nós mesmos a fim de sabermos se somos verdadeiramente salvos, ou se até então foi tudo uma farsa.

Andressa Pécora.
umsocorroameianoite.com.br/tag/andressa-pecora/

Por que devo perdoar?

sexta-feira, 15 de setembro de 2017 Nenhum comentário


    Então Pedro aproximou-se de Jesus e perguntou: "Senhor, quantas vezes deverei perdoar a meu irmão quando ele pecar contra mim? Até sete vezes? "

Jesus respondeu: "Eu lhe digo: não até sete, mas até setenta vezes sete.
"Por isso, o Reino dos céus é como um rei que desejava acertar contas com seus servos.
Quando começou o acerto, foi trazido à sua presença um que lhe devia uma enorme quantidade de prata.
Como não tinha condições de pagar, o senhor ordenou que ele, sua mulher, seus filhos e tudo o que ele possuía fossem vendidos para pagar a dívida.
"O servo prostrou-se diante dele e lhe implorou: ‘Tem paciência comigo, e eu te pagarei tudo’.
O senhor daquele servo teve compaixão dele, cancelou a dívida e o deixou ir.
"Mas quando aquele servo saiu, encontrou um de seus conservos, que lhe devia cem denários. Agarrou-o e começou a sufocá-lo, dizendo: ‘Pague-me o que me deve! ’
"Então o seu conservo caiu de joelhos e implorou-lhe: ‘Tenha paciência comigo, e eu lhe pagarei’.
"Mas ele não quis. Antes, saiu e mandou lançá-lo na prisão, até que pagasse a dívida.
Quando os outros servos, companheiros dele, viram o que havia acontecido, ficaram muito tristes e foram contar ao seu senhor tudo o que havia acontecido.
"Então o senhor chamou o servo e disse: ‘Servo mau, cancelei toda a sua dívida porque você me implorou.
Você não devia ter tido misericórdia do seu conservo como eu tive de você? ’
Irado, seu senhor entregou-o aos torturadores, até que pagasse tudo o que devia.
"Assim também lhes fará meu Pai celestial, se cada um de vocês não perdoar de coração a seu irmão".
Mateus 18:21-35


  
O contexto da pergunta de Pedro é sobre os versos anteriores que Jesus  ensinava como devemos tratar o nosso irmão culpado, os rabinos ensinavam que deveriam perdoar três vezes e usavam as passagem de Amós quando Deus perdoou só três vezes os inimigos de Israel. Quando Jesus fala de "setenta vezes sete" é sem conta ou seja, o perdão não tem limites, não é um determinado número de vezes que temos que perdoar. E Jesus começa a explicar sobre este perdão na parábola do credor incompassivo, primeiro havia um servo (nós) que devia uma quantia enorme para o seu senhor (representa Deus), e era enorme a dívida que não tinha condição de pagar então o seu senhor o perdoou.  Só que existia um rapaz que devia ao servo perdoado, só que com uma menor quantia, e ele até usa a mesma súplica que o servo perdoado usou diante de seu senhor, mas este servo (perdoado) exigia velozmente que aquele rapaz o pagasse. Essa história é tão clara e forte, muitas vezes quando alguém nos fere  não queremos perdoar por causa da nossa dor, por parecer a coisa mais horrivel de nossa vida e ainda declaramos que recebemos o perdão do Senhor. Essa passagem nos exorta aquilo que o nosso Senhor quer de nós, ele quer que perdoemos, mostremos ele através do nosso perdão para com os outros, e o último verso mostra a consequência do servo que não mostrou misericórdia para com o seu próximo. E Jesus acaba as instruções sobre como devemos agir com o nosso próximo.
 Nós mulheres muitas vezes carregamos  amarguras, mágoas (entre outros sentimentos) e a falta de perdão está bem no nosso coração e acabamos olhando para nós mesmas e esquecemos do perdão que recebemos de Cristo mesmo sem merecer, Ele nos perdoou como fez este senhor da parábola. Primeiro o perdão de Deus é ilimitado por nós e segundo devemos agir dessa forma com aqueles que nos ofendem. Devemos perdoar por vivermos agora como uma nova criatura, essa atitude é totalmente carnal (Gl. 5.19); Somos como este servo que tendo uma quantia enorme que não tinha como pagar o seu senhor lhe perdoou, e nós sem condição alguma de pagar a dívida que tinhamos com o nosso Deus mesmo assim Ele nos perdoou, e isso mostra a misericórdia do Senhor para conosco, e ele quer que venhamos mostrar isso com aqueles que agiram mal conosco, quando não fazemos agimos pela a nossa carne e isso desagrada a Deus, passamos a agir pela a nossa natureza decaída e longe de Deus. O perdão é a virtude de todo aquele que conheceu o perdão do Criador. Será que perdoamos sem limites aqueles que nos ofenderam? será que perdoamos de verdade? Será que glorificamos á Cristo nessa parte?
Devemos viver esta vida para glória do nosso Senhor e não para nossa. Independente do que fizeram com você tenha certeza que essa dívida é pouca comparada com a dívida que você tinha com o próprio Deus e mesmo sem precisar de obra alguma sua ele perdoou você.


 O último versículo fala da condenação que teve este servo por não usar de bondade para com aquele que lhe devia, o Senhor pune o seus filhos quando não praticam o perdão que receberam ( Hb.12. 5-7)

   Mas se não perdoarem uns aos outros, o Pai celestial não lhes perdoará as ofensas".
Mateus 6:15 

Quando não perdoamos é como se  nós não tivesse recebido o perdão do Pai celeste, e devemos perdoar por receber o perdão dos nossos inúmeros pecados, não somos melhores do o nosso semelhante, somos pecadores e estamos sujeitos a errar. O  perdão é aquilo que Deus ameaça tirar dos cristãos que se recusam a perdoar o próximo.
    Que o Senhor nos ajude de fato para compreender essas verdades !


- Yas Almeida


Um Deus que guia tudo e todos

domingo, 10 de setembro de 2017 Nenhum comentário

     Os passos do homem são dirigidos pelo Senhor. Como poderia alguém discernir o seu próprio caminho?

Provérbios 20:24
Essa passagem mostra claramente que a responsabilidade humana está sempre sujeita à Soberania absoluta de Deus. Ao ver um certo dia sobre Saul e como o Senhor fez com que todas as coisas se ligassem para que no final ele morresse por causa de seu pecado, vi o quanto nosso Deus é Soberano de uma tal forma, que guia nossos caminhos e até dos ímpios (pv.21:1), faz com que eu entenda tudo o que acontece em minha vida, por mais que a gente tome decisões erradas ou certas mas existe um Deus que ainda permanece no controle de tudo. Certos momentos quando pecamos, ele permite aquilo para que a gente aprenda e se arrependa, nada nessa vida acontece por acaso e nada do que acontece aqui está fora do controle de Deus por mais que seja absurda essa ideia mas temos um Deus que sabe o que faz. Ao entender isso me faz confiar mais nEle e menos em mim mesma, em saber que eu não sou nada e que se hoje eu estou viva não é porque eu quero ou decidi, mas por causa dEle. Independente do que venha acontecer em nossas vidas Ele já sabia o que iria acontecer e permanece no controle. Quando pecamos não é porque Deus nos tentou, mas Ele já sabia que iríamos pecar. Temos um Deus Poderoso e, que se quisesse se livrar de nós já teria feito isso, estamos nas mãos de um Deus poderoso e Soberano. O que acho interessante é que Ele não só nos salvou e perdoou mas nos guia todos os dias. Nossa confiança nEle deve aumentar quando entendemos essas verdades e saber que independente do que aconteça conosco temos um Deus que cuida de nós e sabe o melhor para nós. E agora eu entendo claramente uma frase de Lutero que diz o seguinte “Não sei por quais caminhos Deus me conduz, mas conheço bem meu guia”. Em saber que Ele não só nos guia mas sustenta tudo no universo e que se Ele não fizesse isso não estaríamos aqui (Cl 1:16-17).
Uma aplicação prática é que devemos confiar mais no Deus que nos guia, por mais que pareça difícil nossa vida, estamos nas mãos de um Deus sábio, e também para nossa ansiedade pelo que ainda nem vivemos e que se a gente corre hoje por causa de nossa ansiedade não vai acrescentar nada, temos um Deus que está cuidando de tudo, como eu disse já que confiemos neste Deus sabe cuida de nós ♥

 
Desenvolvido por Michelly Melo.